26.2.08

Casos

Há um disco novo dos Tindersticks, "The Hungry Saw", o que só por si deveria valer este ano da graça de 2008. Passaram cinco anos desde que o último álbum de originais, "Waiting for the moon", foi editado, e, depois de aventuras menos bem sucedidas a solo de Stuart Staples, não posso dizer que não temia que a desilusão viesse aí.
Há algo, contudo, que salva o dia: a habilidade para orquestrarem coros não se perdeu, e continuam a ser, depois de Leonard Cohen, os grandes utilizadores de coros femininos; assim de repente, parece que andaram a ouvir Stereolab; consta que não deram por terminada a carreira e melhores dias virão.
É preciso mais?

2 comments:

Zito said...

"leaving songs" é um disco bem conseguido, a dificil distanciação dos Sticks é evidente, apesar disso tem momentos muitos bons.

este "the hungry saw" tem que ser ouvido com mais atenção, às primeiras audições não me cativou....

Hugo P. said...

Hmm... O primeiro disco a solo do homem é muito bom, com aquela sonoridade lo-fi. O segundo... Enfim. Podia ser melhor.